16 de agosto de 2010

Olhos D'água



A água,
percorrendo sinuosos caminhos ,
esculpe a pedra que a absorve e filtra.

Brotam olhos d’água transbordantes
que matam a sede do peregrino.

Homem de pedra,
mulher de água,
do seu encontro nascem cachoeiras...

5 comentários:

  1. Lindo pacas.
    Forte, pungente.

    Acho que renderia mais linhas.
    Mas vc é dona.
    :)

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Marton!
    Às vezes a força está na essência...

    :)

    ResponderExcluir
  3. viajando por el mundo de los blog del cual yo participo llegue al tuyo el cual me parecio muy lindo y con lindas letras a leer que te llenan la mirada.. todo muy lindo..
    Abrazos
    linda semana

    Saludos

    Permiso para seguirte y te invito a visitarme a
    http://poesia-del-cielo.blogspot.com/
    desde ya bienvenida

    ResponderExcluir
  4. Muito bom, Kamala!

    Faz tempo que eu não visitava o seu espaço. Não sabia o que andava perdendo...

    Poste mais, moça!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Muito obrigada pelos comentários inspiradores!
    Sempre me motivam a escrever mais!
    Grande abraço a todos!

    ResponderExcluir